Home Finanças Pessoais Planilha de gastos gratuita: como fazer o controle financeiro

Planilha de gastos gratuita: como fazer o controle financeiro

por Redação Dinheirama
3 min leitura

Ter uma planilha de gastos pessoais é, de fato, um dos primeiros passos para ter uma vida financeira saudável.

Com ela, é possível ter controle sobre o que se gasta e o que se recebe, e certamente fica mais fácil a organização das finanças.

Você pode adaptar a sua planilha de controle financeiro do melhor jeito para você. Mas, neste texto, vamos dar algumas dicas sobre como criá-la.

O que é uma planilha de gastos?

Uma planilha de gastos √©, em resumo, um documento em que voc√™ anota todos os valores que recebeu ao longo do m√™s e todos os que gastou. 

Ou seja, s√£o listados de um lado o seu sal√°rio, renda extra, pens√Ķes etc. Por outro lado, tamb√©m devem ser especificadas todas as quantias que saem do seu bolso ao longo do m√™s. 

Isto √©, anote tanto as contas fixas, como aluguel, presta√ß√Ķes e contas b√°sicas, como os gastos com alimenta√ß√£o, lazer e outros.

Dessa forma, fica mais fácil para você visualizar quanto exatamente está ganhando e quanto e como está gastando.

Assim, é possível fazer ajustes no seu orçamento, economizando onde julga necessário e destinando maiores recursos onde precisa.

Planilha de Gastos - Dinheirama
Crédito: Pexels

Receita ou ganhos

Conforme dissemos, a primeira parte da sua planilha de controle pessoal deve ser destinada √†s anota√ß√Ķes sobre receita ou ganhos.

Principalmente se voc√™ √© aut√īnomo, ou tem mais de uma fonte de renda, isso √© muito importante. E acredite, muitas pessoas n√£o sabem de fato o quanto ganham.

Sem saber quanto você ganha, fica praticamente impossível saber o quanto pode gastar, não é mesmo? Desse modo, aumenta o risco de endividamento.

Por isso, em uma primeira coluna da sua planilha, ou da forma que julgar melhor, anote todos os valores recebidos e as datas.

Se tiver valores e datas fixas, determine o vencimento das contas fixas para cerca de cinco dias ap√≥s esses pagamentos. 

Dessa forma você não corre o risco de atrasar as contas caso o seu pagamento atrase, afinal sempre terá alguns dias de folga.

Não se esqueça ainda de considerar os meses em que você recebe mais ou menos, se for o seu caso. Assim você consegue se planejar com antecedência.

Despesas ou gastos

Em segundo lugar, você deve fazer o controle das despesas ou gastos. Pode ser em uma segunda coluna, por exemplo.

Comece anotando os gastos fixos, como aluguel ou presta√ß√£o de im√≥vel, academia, mensalidades de cursos etc. 

Tudo o que tiver um valor fixo já deve estar anotado. Assim, esse montante deve ser descontado automaticamente do seu salário assim que você o receber.

Quando forem contas como luz e água, que variam mês a mês, você deve anotar o valor certo todo mês na sua planilha. Mas, sempre tenha anotado uma média desse valor.

Com essa média em mente, é possível fazer planejamentos de longo prazo. Isto é, tendo noção do seu orçamento, poderá assumir despesas tendo certeza de que conseguirá pagar.

O mesmo deve acontecer para despesas com lazer e alimentação. Por mais que elas variem mês a mês, você deve ter uma média do quanto pode gastar por mês.

Ah, e não se esqueça das despesas trimestrais, semestrais ou anuais. No começo do ano, por exemplo, geralmente há gastos com material escolar dos filhos, IPVA, IPTU etc. Então, tudo isso deve ser considerado.

Contas / bancos / aplicativos financeiros

Um jeito fácil de ter controle sobre seus gastos é por meio dos extratos bancários (também disponíveis nos aplicativos). Eles mostram quanto você tem gasto no cartão de débito.

O mesmo acontece com os cart√Ķes de cr√©dito, que t√™m a fatura dispon√≠vel via aplicativo do banco. J√° as contas tamb√©m devem ser documentadas na planilha sempre que chegarem.

Categorias

Dividir suas despesas por categorias também é um ótimo hábito. Assim é possível visualizar para onde vai o seu dinheiro e avaliar onde o seu orçamento precisa ser ajustado.

Algumas sugest√Ķes de categorias para enquadrar seus gastos s√£o:

  • Mercado;
  • Delivery e refei√ß√Ķes em restaurantes;
  • Transporte;
  • Lazer;
  • Roupas;
  • Medicamentos;
  • Produtos cosm√©ticos etc.

Esses são só alguns exemplos, mas é importante que você adeque as categorias aos seus hábitos de consumo.

No final do mês, você vai saber exatamente com o quê você gasta mais e onde é possível economizar. Em seguida, pode estabelecer valores máximos para gastar em cada categoria.

Planejado

Criar na sua planilha uma aba de orçamento planejado para o mês com toda a certeza vai te ajudar a utilizar o dinheiro de forma mais eficiente.

Nesse sentido, estabele√ßa or√ßamentos m√°ximos para cada categoria e, para facilitar, divida o valor por semana. 

Assim você sabe exatamente quanto pode gastar a cada semana com determinado produto ou serviço sem ficar no vermelho.

Não esqueça ainda de colocar uma meta para formação de reserva de emergência e investimentos, ok?

Realizado

Com a aba de orçamento planejado criada, depois, crie uma de orçamento realizado. Dessa forma você vai ver onde está tendo dificuldades de cumprir o estipulado.

Além disso, pode ser que alguns setores demandem menos dinheiro do que você havia estipulado. Se for o caso, você pode destinar a diferença a outro setor ou ainda investir a quantia.

Aos poucos, você pode ir ajustando suas metas de orçamento ideal. Sempre com ajuda da planilha de gastos!

Saldo

O saldo √© a diferen√ßa entre a sua planilha financeira planejada e a sua planilha financeira realizada. √Č ele quem mostra se voc√™ est√° no negativo e precisa melhorar, ou no positivo.

Ter noção sobre esse saldo é muito importante para que você consiga visualizar se está progredindo ou não. Por isso, não o deixe de lado!

Vantagens da planilha de gastos pessoais

√Č prov√°vel que a planilha de gastos pessoais seja a regra n√ļmero 1 da educa√ß√£o financeira. E isso n√£o √© √† toa: j√° que ela traz muitas vantagens para a sua rela√ß√£o com o dinheiro.

Aliás, ela te garantirá autoconhecimento suficiente sobre os seus hábitos de consumo. Como resultado, você poderá visualizar o que precisa ser mudado em relação às suas finanças.

Planilha de Gastos - Dinheirama
Crédito: Unsplash

Planejamento financeiro

Planejamento exige duas coisas primordiais: organização e foco. Não é diferente quando falamos de finanças.

Por isso, a sua planilha de gastos pessoais precisa estar alinhada √†s suas metas financeiras. 

Vamos supor que, por exemplo, se você quer comprar um carro à vista daqui dois anos. Sua planilha precisa considerar um valor mensal a ser guardado e investido para isso.

Assim, com o conhecimento adquirido sobre seus gastos, caber√° a voc√™ achar a melhor forma de fazer esse dinheiro ‚Äúsobrar‚ÄĚ.

√Č preciso olhar com aten√ß√£o para a planilha e encontrar um gasto que pode ser cortado. Ou ainda, se observar que a receita de fato n√£o √© suficiente, buscar uma nova fonte de renda.

Tudo isso deve ser feito com estratégia e planejamento. Os dois grandes aliados da sua planilha.

Controle de gastos

Controlar os gastos, claro, é a principal vantagem da planilha financeira. Afinal, é difícil visualizar o quanto você de fato gasta com cada coisa ao longo do mês sem ter isso reunido e anotado.

Com o tempo, você vai perceber que fazer esse controle se tornará algo natural. E vai perceber uma mudança muito positiva no seu comportamento em relação ao dinheiro.

Investimentos

Considere os investimentos como uma responsabilidade fixa na sua planilha de gastos. Isso vai te ajudar a, de fato, guardar e fazer render o dinheiro.

Além disso, aproveite o seu novo dom para organização e crie uma planilha também para acompanhar seus investimentos. Ou utilize as ferramentas dos aplicativos de corretoras para isso.

Como fazer uma planilha de gastos gr√°tis?

Sua planilha financeira precisa ser fácil de utilizar e de interpretar. Além disso, ela deve ter a sua cara e atender às suas necessidades.

Convenhamos, não adianta copiar totalmente uma planilha de outra pessoa. Se os seus hábitos de consumo e estilo de vida não são os mesmos, ela não será eficiente para você.

Passo a passo

Para fazer uma planilha de gastos √© totalmente gratuito. Voc√™ s√≥ vai precisar de um caderno ou, se preferir, uma ferramenta online como o Excel. 

Hoje, at√© mesmo o Google Drive oferece uma ferramenta de cria√ß√£o de planilhas. √Č f√°cil de usar e voc√™ n√£o paga absolutamente nada para isso.

Com a sua plataforma escolhida, seja digital ou no papel, siga os seguintes passos:

  1. Anote todas as suas fontes de renda. Mas não se esqueça de considerar ganhos pontuais ao longo do ano, como o recebimento do décimo terceiro salário;
  2. Anote todos os seus gastos fixos conhecidos, como aluguel, presta√ß√Ķes, contas fixas etc.;
  3. De forma setorizada, estipule valores para as despesas variáveis, como alimentação e lazer;
  4. Agora, estipule um valor que você julga bacana ser investido todos os meses;
  5. Com tudo anotado, avalie se há algo que poderia ser ajustado para otimizar seu orçamento: corte de despesas, aumento de renda etc. Esse será o seu orçamento planejado;
  6. Depois de criado o orçamento ideal, agora é hora de criar uma planilha de gastos reais. Repita os dois primeiros passos citados acima e, no terceiro e quarto, substitua a estipulação por anotar os valores de fato gastos no mês;
  7. Observe todos os meses a diferença entre a planilha ideal e a planilha real. Tente trabalhar para chegar o mais próximo possível da sua planilha ideal.

5 planilhas de controle financeiro

Como explicamos acima, a ideia da planilha financeira √© te ajudar a organizar o seu dinheiro. 

Dessa forma, existem diversos tipos de planilha que podem te ajudar, de acordo com o seu objetivo. Confira algumas delas:

1. Planilha de gastos pessoal

Todo mundo deve ter uma planilha de gastos pessoais, mesmo quem divide despesas com um companheiro(a) ou família.

Caso seja voc√™ a √ļnica pessoa respons√°vel por todas as suas contas e despesas, ela deve contemplar todos os seus ganhos e gastos.

Agora, se você divide um orçamento com a família, isso muda um pouco. Faça a planilha de gastos pessoais levando em consideração apenas o dinheiro disponível para você sozinha.

Ou seja, o dinheiro que você gasta com compras, lazer etc de forma independente. E claro, anote nela apenas esse tipo de gasto também.

2. Planilha para controle financeiro familiar

Tem um orçamento compartilhado em família, seja com seu companheiro(a) ou demais pessoas? Então a planilha também deve ser compartilhada.

Sente e converse com as pessoas que dividem as contas com voc√™ e chegue em um meio termo para todos. 

Considere os gastos que envolvem toda a família, incluindo os dependentes, e siga os mesmos passos citados nos tópicos anteriores.

Caso você tenha uma parte do seu dinheiro que seja só sua, tenha uma planilha de gastos pessoais complementar.

Planilha de Gastos - Dinheirama
Crédito: Unsplash

3. Planilha de controle de gastos investidores

Se você já investe ou pretende começar a investir, uma boa opção é ter uma planilha só para controlar os investimentos.

Anote todos os aportes que você realizou e quais são os ganhos deles. Assim fica mais fácil saber onde o seu dinheiro está rendendo mais e planejar suas metas financeiras.

4. Planilha de orçamento doméstico

A planilha de or√ßamento familiar considera que h√° dependentes e gastos em conjunto que v√£o al√©m da casa. 

Já a planilha de orçamento doméstico considera apenas os gastos com a casa. Ou seja: compras de alimentos, de produtos de limpeza, contas de água e luz etc.

Se você e seu parceiro não têm filhos e preferem ter sua individualidade financeira, essa pode ser uma boa opção. O mesmo vale para quem divide apartamento ou casa com colegas.

Nela, você anota todos os gastos com a casa e quanto cada pessoa deve contribuir com o lar.

5. Planilha de controle financeiro anual

Além da planilha mensal e semanal, que vão te garantir o dia a dia das finanças, é importante ter um controle anual.

Afinal de contas, existem despesas que acontecem anualmente ou apenas em determinadas épocas do ano. E você precisa estar preparado para elas, certo?

Se voc√™ precisa pagar o IPVA no come√ßo do ano, por exemplo, pode distribuir o valor ao longo do ano. 

Guardando a quantia todo mês, você conseguirá pagar à vista e conseguir descontos.Um ótimo benefício do planejamento, não é mesmo?

Aplicativos que oferecem planilha financeira

Hoje, com a tecnologia, existem diversos aplicativos que oferecem planilha financeira. Confira algumas op√ß√Ķes:

Gr√£o

O aplicativo da Grão, nossa parceira, é fácil de usar e totalmente gratuito. Ele te ajuda a guardar dinheiro e estimula que você crie metas financeiras.

O App está disponível para celulares do sistema operacional Android e iOS.

Guia Bolso

O aplicativo da Guia Bolso também é uma ótima opção para fazer o controle de finanças pessoais pelo celular.

Ele também está disponível para aparelhos Android ou iOS.

Planilha de gastos no Excel gr√°tis

Se você prefere fazer o seu controle financeiro de forma mais tradicional, pode fazer a sua planilha de gastos pessoais no Excel.

A ferramenta permite que você mesmo crie sua planilha personalizada. Porém, se preferir, é possível também baixar um modelo pronto na internet e realizar o download.

Você pode baixar a planilha da Grão no seu computador e celular e ter disponível como documento, offline. Assim, é só abrir o arquivo no Excel ou no Google Drive.

Planilha de controle financeiro online

J√° mostramos algumas op√ß√Ķes para planilhas, como os aplicativos da Gr√£o e da Guia Bolso e a planilha de Excel da Gr√£o.

Por√©m, na internet, √© poss√≠vel encontrar diversos modelos de planilhas de controle financeiro. No pr√≥prio site do Sebrae existem diversas op√ß√Ķes dispon√≠veis.

Qual a melhor planilha para controle de gastos gr√°tis?

A melhor planilha para controle de gastos é aquela que faz sentido para o seu dia a dia. Ela precisa ser simples, fácil de ser alimentada e, quanto mais personalizada, melhor.

Voc√™ pode encontrar modelos online, usar aplicativos ou criar a sua pr√≥pria planilha em caderno ou Excel. A maioria das op√ß√Ķes s√£o gratuitas, escolha que fizer mais sentido para voc√™.

Frequência para atualizar planilha

O recomendado é que a sua planilha seja atualizada ao menos uma vez por mês. Porém, para não perder nada, não esqueça de ir anotando as despesas que tem ao longo dele. Se possível, atualize todas as semanas ou dias. Assim você garante que não está esquecendo de nenhuma despesa.

Como controlar os gastos?

Para controlar gastos, determine quantias máximas para serem gastas em determinados setores. Por exemplo, estipule um valor máximo aceitável para ser gasto com lazer. Assim ficará mais fácil não sair do controle. Se preferir, divida esse valor por semanas, assim você evita gastar todo o orçamento no começo do mês.

Conclus√£o

Ter uma planilha de gastos é essencial para que os gastos não saiam do controle e você consiga se planejar no longo prazo.

√Č preciso ter em mente que fazer esse tipo de controle financeiro √© um h√°bito. E como todo h√°bito, precisa ser exercitado at√© que voc√™ interiorize e comece a fazer naturalmente.

Tenho certeza de que com essas dicas, você conseguirá montar uma boa planilha financeira. Consequentemente, terá cada vez mais controle sobre suas finanças. Boa sorte!

O Dinheirama √© o melhor portal de conte√ļdo para voc√™ que precisa aprender finan√ßas, mas nunca teve facilidade com os n√ļmeros.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informa√ß√£o e atesta a apura√ß√£o de todo o conte√ļdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que n√£o faz qualquer tipo de recomenda√ß√£o de investimento, n√£o se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.