O Tesouro Direto continua sendo o investimento que mais desperta o interesse das pessoas.

Mesmo com muita informação disponível, diversos investidores ainda possuem dúvidas básicas sobre o assunto; mesmo querendo investir, estas pessoas acabam, por falta de conhecimento, optando por manter o dinheiro parado onde ele está.

Afinal, o que é Tesouro Direto?

O Tesouro Direto é um Programa do Tesouro Nacional desenvolvido em parceria com a BMF&F Bovespa para venda de títulos públicos federais para pessoas físicas, por meio da internet.

Agora que já está claro o que é o Tesouro Direto, vejamos outras dúvidas simples:

Webcurso gratuito: Tudo o que você precisa saber sobre Tesouro Direto

O que são títulos públicos?

Os títulos públicos são ativos de renda fixa, ou seja, seu rendimento pode ser dimensionado no momento do investimento, ao contrário dos ativos de renda variável (como ações), cujo retorno não pode ser estimado no instante da aplicação.

Dada a menor volatilidade dos ativos de renda fixa frente aos ativos de renda variável, este tipo de investimento é considerado mais conservador, ou seja, de menor risco.

Quais os títulos públicos disponíveis hoje?

Desde que comecei a investir em Tesouro Direto, utilizo a Rico.com.vc para fazer as aplicações. Através da plataforma de investimento escolho os títulos públicos disponíveis sempre levando em conta meus objetivos. Conheça agora os títulos públicos para investir:

  • Tesouro Selic (antiga LFT). Rentabilidade pós-fixada (Selic), resgate no vencimento e ideal para objetivos de curto, médio e longo prazo, principalmente reserva de emergência;
  • Tesouro Pré-fixado (antiga LTN). Rentabilidade pré-fixada, resgate no vencimento e ideal para objetivos de curto e médio prazo;
  • Tesouro IPCA com juros semestrais (antiga NTN-B). Rentabilidade pós-fixada (IPCA), resgate semestral e ideal para objetivos de médio e longo prazo;
  • Tesouro IPCA (antiga NTN-B Principal). Rentabilidade pós-fixada (IPCA), resgate no vencimento e ideal para objetivos de médio e longo prazo;
  • Tesouro Pré-fixado com juros semestrais (antiga NTN-F). Rentabilidade pré-fixada, resgate semestralmente e ideal para objetivos de curto e médio prazo.

eBook recomendado gratuito: Invista sem medo em títulos públicos

Saiba quanto vai pagar de impostos

O Imposto de Renda (IR) incide apenas sobre o rendimento das aplicações do Tesouro Direto. A alíquota do imposto de renda é regressiva e varia de acordo com a duração de investimento:

  • Até 180 dias: 22,50%;
  • De 181 até 360 dias: 20%;
  • De 361 até 720 dias: 17,50%;
  • Acima de 720 dias: 15%.

eBook gratuito com muito mais respostas para as suas dúvidas

O principal desafio para quem quer investir é dar o primeiro passo. Esse artigo deve ser encarado como um empurrão final, uma dica valiosa de um amigo para que você também conheça o investimento mais seguro do país e com uma das melhores rentabilidades quando falamos em renda fixa.

É natural que, ao chegar aqui, dúvidas ainda te acompanhem, por isso a equipe Dinheirama oferece um conteúdo ainda mais completo e exclusivo para você.

Nossa equipe criou o eBook “Invista sem medo em títulos públicos” (clique e baixe o seu agora). Um presente especial para você baixar, isto significa dizer que é 100% gratuito.

Conclusão

Investir é a única maneira efetiva para quem quer mais da vida financeira; para tanto, escolher bem os melhores investimentos é fundamental.

Aproveite a oportunidade única de conhecer mais sobre títulos públicos sem precisar pagar nada por isso (clique aqui e baixe seu eBook gratuitamente). Não se trata de promoção! É um presente de quem se preocupa em criar um país com mais investidores do que endividados. Até a próxima!

Ricardo Pereira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários