Os juros médios cobrados no cheque especial atingiram em julho 293,79% ao ano. Este é o maior nível desde março de 1999. O levantamento foi feito pela Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade) divulgado nesta segunda-feira (8).

Isso equivale a taxas mensais de 12,10%, um leve aumento em relação ao juro mensal médio de 11,92%, registrado em junho (286,27% ao ano).

Já os juros médios cobrados no rotativo do cartão de crédito se mantiveram estáveis em julho, em 447,44% ao ano (15,22% ao mês), após sucessivas altas.

As taxas de juros médias para pessoa física subiram para 8,09% em julho, o maior patamar desde setembro de 2003.

Ebook gratuito recomendadoFinanças Pessoais para Mulheres

Economistas acreditam em queda menor do PIB em 2016

Economistas e instituições financeiras consultados pelo Banco Central reduziram a projeção para a inflação neste ano. Eles também melhoraram a previsão de retração da atividade econômica em 2016, de acordo com o Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (8).

A pesquisa semanal mostrou que a expectativa para a inflação neste ano recuou de 7,21% para 7,20%. Houve queda também na projeção para 2017, que passou de 5,20% para 5,14%.

Isso significa estar mais próxima do centro da meta estabelecida pelo CMN (Conselho Monetário Nacional), de 4,5% com 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Para 2018, a inflação estimada se manteve em 4,5%.

A perspectiva para a retração do PIB (Produto Interno Bruto) também sofreu leve melhora. Ela passou de 3,24% para 3,23%. Para 2017, a estimativa de crescimento foi mantida em 1,10%. Em 2018 a expansão prevista é de 2%, a mesma da pesquisa anterior.

José Serra delatado na Lava Jato

De acordo com a colunista da Folha de São Paulo, Mônica Bergamo, executivos da Odebrecht afirmaram aos investigadores da Operação Lava Jato que a campanha do hoje ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB), à Presidência da República, em 2010, recebeu R$ 23 milhões da empreiteira via caixa dois.

A afirmação foi feita a procuradores da força-tarefa da operação e da PGR (Procuradoria-Geral da República), na semana passada, por funcionários da empresa. Eles tentam um acordo de delação premiada.

Mercado Financeiro

O mercado financeiro começa a semana com cautela. Os motivos tem relação com o Presidente interino Michel Temer, e um dos principais ministros, José Serra. Eles estão sendo alvos de denúncias envolvendo caixa dois para as campanhas políticas.

O Ibovespa, principal benchmark da Bolsa de Valores de São Paulo, operava às 11h31 em alta de +0,25% com 57.805 pontos. O dólar, subia +0,14%, sendo negociado por R$ 3,17.

 

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários